Por amor.


Jesus olhou para ele e o amou. "Falta-lhe uma coisa", disse ele. "Vá, venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-me".
A história do jovem rico, Marcos 10:21 

Como você se sentiria ao ouvir esse convite? Confesso que li essa passagem muitas vezes, mas sempre entendia  essa frase de Jesus como uma forma de disciplina. Mas não é uma repreensão. É um presente. Um convite pra algo muito maior e inesperado. O jovem queria o céu. Jesus o amou. A obediência do jovem conquistou o coração do mestre: "Jesus olhou para ele e o amou..." Imagine se o mestre olhasse no fundo do seus olhos com amor? Ele o escolheu, e lhe ofereceu o maior prêmio: "Vá, venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, [...] Depois, venha e siga-me".
 Porque o jovem recusou? porque ele se retirou entristecido? Ele tinha algo a que se prender. Algo que era o maior obstáculo entre ele e Jesus: não era a riqueza que ele tinha que o impedia, mas o apego a essa riqueza. O único obstáculo entre nós e Jesus somos nós mesmos. Jesus nos faz o mesmo convite e nos chama com amor. Não como uma forma de disciplina, mas como um presente. O grande prêmio pela nossa obediência é poder largar tudo e seguir a Jesus. Não falo aoenas de riquezas, mas qualquer coisa que esteja ocupando o lugar daquele que nos ama.
 Não é fácil. Não é impossível. Vale à pena. E todo nosso esforço será recompensado. Imagine conhecer a Jesus como nunca imaginou em sua vida: conhecê-lo como uma pessoa real, que olha pra você e o ama.

2 comentários:

  1. gostei do seu blog,e de seus textos também,estou te seguindo e sempre vou voltar
    beijo :*

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo! Fique à vontade pra comentar e deixar seu recado, lembrando que os comentários estão sujeitos a moderação.